Homem sobrevive a ataque de leão em reserva da Africa do Sul

Homem sobrevive a ataque de leão em reserva da Africa do Sul

Vídeo mostra violência da investida do animal, que foi depois abatido.

Mike Hodge um britânico de 67 anos, foi atacado esta terça-feira por um leão que tinha criado desde pequeno num santuário de vida selvagem que ele e a mulher criaram em 2003

Um vídeo mostra o terrível momento em que o predador ataca o homem, mordendo-lhe o pescoço e arrastando-o para uma zona de vegetação, como se o tratador fosse uma qualquer peça de caça. Apesar da violência do ataque, Mike sobreviveu. Mas continua hospitalizado, com lesões graves no pescoço e na cara. Mike e a mulher, Chrissy, fundaram o santuário de vida selvagem Marakele Predator Centre , que se tornou um local de visitas turísticas para quem quer ver espécie selvagens. Depois do ataque de terça-feira, o leão foi abatido por funcionários da reserva.

Comentários

comentários