Matosinhos: Acidente Violento e Fatal Para Jovem

Tiago Costa, de 22 anos, morreu no local. Os outros três ocupantes foram hospitalizados.

O estado irreconhecível em que ficou o Renault Clio traduz a violência do acidente que ceifou a vida a Tiago Costa, de 22 anos, e causou ferimentos a mais três amigos, junto à saída da A28 para a Av. da República, em Matosinhos, ontem de madrugada. Após o despiste, seguido de capotamento, os ocupantes do carro tiveram de ser desencarcerados do automóvel. Três dos jovens sofreram ferimentos por todo o corpo e foram internados em hospitais do Grande Porto.

Já Tiago, que conduzia o Clio, morreu no local.

O acidente aconteceu pouco depois das 03h00, após uma noite de convívio entre amigos. Por razões que ainda não são claras, o carro em que circulava o grupo e que seguia em direção a Vila do Conde – de onde as vítimas são todas naturais –, entrou em despiste e capotou várias vezes. Embateu violentamente nos railes e só ficou imobilizado no ramal de saída para o centro de Matosinhos. Os Sapadores do Porto tiverem de resgatar as vítimas do meio das chapas.

Tiago Costa, natural de Gião, Vila do Conde, não resistiu ao acidente. Daniela Hilário, de 17 anos, que vive na freguesia de Canidelo, no mesmo concelho, sofreu ferimentos ligeiros e foi transportada pelos Bombeiros Portuenses para a Pediatria do Hospital de São João, no Porto. Orlando Ribeiro, de 26 anos, e Pedro Ribeiro, de 18, residentes em Fajozes, sofreram lesões mais graves e foram levados para o Hospital Pedro Hispano – em Matosinhos, a poucos quilómetros do local da tragédia.

De acordo com fontes dos dois hospitais, os três jovens continuavam ontem internados. Pedro Ribeiro, de 18 anos, era, ao fecho desta edição, aquele que inspirava maiores cuidados, uma vez que sofreu várias lesões na zona da cabeça.

Fonte: CM

Comentários

comentários

shares